sábado, 20 de dezembro de 2014

Festas de final de ano

    As datas comemorativas, como Natal e Ano Novo, trazem muitas receitas e comilança. Porém, é possível pensar de um modo equilibrado, mesmo diante de tantas tentações rondando as mesas. Para isso, aqui seguem alguns conselhos:

1. Coma sempre em intervalos pausados, evitando muitos "beliscos" no momento de colocar a mesa;
2. Invista nas frutas da época, como uvas, pêssego e ameixas. As frutas secas também podem entrar no cardápio tranquilamente. Outra dica bem legal é compor a ceia com as oleaginosas (castanha do pará, castanha de cajú, nozes, pistache, entre outras), mas lembrando que elas são calóricas, apesar do seu alto valor nutritivo;
3. Os panetones recheados com chocolate e trufas podem ser consumidos, sem exageros (1 porção equivale a 1 fatia média);
4. O lombo suíno também é ótima fonte de nutrientes e bastante saudável. Quanto ao tão tradicional peru, prefira consumir a parte do peito, por ter menos gordura. 
5. O bacalhau é uma boa opção, por ser rico em gorduras benéficas ao organismo.
6. As sobremesas mais indicadas são aquelas com toque tropical, levando frutas e pouco açúcar. Os cremes, mousses, pudins e manjares foram feitos para serem degustados com moderação nessas ocasiões;
7. Prepare saladas leves e bonitas. Dá para variar na composição com diferentes tipos de hortaliças bonitas, colocando uvas passas, queijo branco e cerejas, dando um toque super especial. Podem ser acompanhadas com molhos a base de iogurte natural, limão, entre outros, como preferir;
8. Não exagere nas bebidas, sendo elas alcoólicas ou não (como refrigerantes, cerveja, vinho, etc).


    Espero que todos tenham Boas Festas e curtam muito essa data, de uma forma alegre e saudável. Até a próxima!!!


segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Eu recomendo, conferi, conheci #2

   Olá leitores! Já estamos encerrando o segundo semestre do ano de 2014 e aqui vai mais uma lista alimentos preferidos nesse período. 




- Tapioca: Tipico da região Nordeste do Brasil, esse alimento vêm tomando cada vez mais espaço nas refeições de várias pessoas que apreciam preparações rápidas, versáteis e saborosas. A tapioca é feita com polvilho doce, a base de milho (portanto, não contém glúten). As opções de recheio podem variar, doce, salgada, light ou até mesmo bem incrementada, o prato é sucesso! Recomendo os sabores de frango desfiado, queijo cottage e frutas.




- Picolé de frutas: Marcando presença sempre em todo o verão nas praias, os picolés de frutas são opção certa para quem quer se refrescar. Nessa estação ainda, as paleterias mexicanas invadem o comércio até com opções mais calóricas (os picolés recheados e cremosos). Os sabores, cores e formatos variam bastante, portanto é só escolher aquele que mais agrada. Mas lembrando de dar preferência aqueles feitos de suco de frutas naturais e sem adição de recheios, o que torna a sobremesa mais saudável. 






- Castanha do Brasil: Rica em gorduras mono e polinsaturadas, pode ser uma boa alternativa para os lanches. Também é rica em minerais importantes, como zinco e selênio e é fonte de vitamina E, contendo antioxidantes. Duas unidades ao dia já são o suficiente para garantir todas as suas propriedades na dieta, considerando que a oleaginosa é calórica.



- Acelga chinesa: Pode ser novidade para muita gente, mas procurando bem nas feiras livres pode encontrar essa hortaliça de folhas pequenas, fechadas e tenras. O sabor é suave e tem a consistência crocante, lembrando a mostarda. Vale experimentá-la crua ou refogada.

   Aproveitem as dicas para variar a alimentação. Até a próxima!!!

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Receita de sal de ervas

    No mês passado, foi lançado um novo produto no mercado chamado "bio salgante". Ele seria um sal a base de potássio, que serviria como total substituto do sódio contido no sal comum de cozinha. Falei a respeito dele em um post na fan page do blog nas redes sociais (twitter, facebook e g+). Portanto, a seguir, ai vai a minha receita, em formato de vídeo de sal de ervas, que também citei nessa mesma postagem...




   Essa mistura de ervas pode ser utilizada em vários tipos de preparações na cozinha, e deve ser armazenada, para manter a qualidade, em um local seco. Se você gostou, se inscreva no canal "Semeando Saúde", no Youtube... Aproveite e até a próxima!!!

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Clara de ovo, frango e batata doce

   Para os praticantes de atividade física, ainda existem muitos mitos sobre a alimentação correta durante a realização do treino. Os alimentos mais comentados hoje em dia nas academias, com a alegação de que são grandes auxiliadores no ganho de massa muscular, são a clara de ovo, o frango e a batata doce.A seguir, temos algumas perguntas e respostas bem simples quanto a esses três alimentos, a fim de esclarecer a sua real eficácia.

   
A clara de ovo realmente ajuda no ganho de massa muscular? 
   Sim, mas em quantidades moderadas. Ela é rica em proteínas, principalmente albumina, relacionada com a recuperação muscular pós-treino. A quantidade recomendada é de 1 a 2 unidades ao dia, e deve ser consumida, preferencialmente, em preparações que exijam cozimento, como omeletes, entre outros. 

   



    A batata doce é obrigatória na dieta de um praticante de atividade física?
   Não. A batata doce é considerada um alimento fonte de carboidrato, quando consumida demora um tempo maior para ser digerida e lançada como glicose na corrente sanguínea. Pode ser benéfica no pré-treino, fornecendo energia durante a prática de atividade física, prolongando o treino e prevenindo a fadiga. Porém, o indicado é que as fontes de carboidrato na dieta sejam variadas, incluindo pães (de preferência integrais), macarrão, arroz integral, mandioca, batata, etc.

 
 O frango é um bom alimento para quem pratica atividade física?
  Sim, mas na porção indicada para cada indivíduo. O tipo de proteína desse alimento é de alto valor biológico, pois nele se encontram todos os aminoácidos essenciais (que o organismo não produz). Esses aminoácidos são responsáveis por auxiliar na recuperação das fibras musculares que sofrem lesão durante o exercício. Mas vale lembrar que carnes animais (bovina, suína, pescados), em geral, têm essa propriedade, e que alimentação deve ser a mais variada possível. 

   Fica claro, então, que a monotonia na dieta não é eficaz, e que vale investir sim na variedade de alimentos quando o assunto é praticar exercícios e entrar em forma. Até a próxima!!!

sábado, 8 de novembro de 2014

Guia Alimentar para a População Brasileira - versão 2014

    Nessa semana, foi lançada uma nova versão do Guia Alimentar da População Brasileira, que foi fruto da colaboração e participação de diversas pessoas, envolvendo a área da saúde, educadores e da sociedade em geral. Foram preconizados nele, além da demonstração de quais tipos de alimentos a serem ingeridos, também alguns princípios para auxiliar nas mudanças de hábito da população.
    O grande diferencial desse novo documento é que foram lembrados a importância da ingestão correta e adequada de água e demais líquidos, a preferência por alimentos in natura e minimamente processados (como legumes, verduras, frutas, especiarias frescas), a importância de uma alimentação variada e balanceada, contemplando todos os nutrientes disponíveis, a utilização moderada de sal, óleos e açúcares nas preparações, entre outros. 
    Também merecem destaque as imagens onde são demonstrados exemplos de pratos saudáveis regionais, para ambos os sexos e diversas faixas etárias e também demonstração de preparos simples e saudáveis de alimentos que são facilmente encontrados em todo o nosso país. 




       Para ter acesso, clique aqui Guia Alimentar para a População Brasileira - versão 2014

       Até a próxima!!!! 

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Montando um prato saudável

    Montar um prato saudável pode ser mais fácil do que imagina! Siga a imagem abaixo passo a passo para a sua composição:



- Legumes e verduras: eles devem preencher metade ou mais da metade do prato. Tenha sempre 3 ou mais variedades (pode ser uma crua, uma cozida e uma refogada ou assada). Varie nas cores, texturas e formas.
- Prato protéico: A porção indicada é aquela equivalente ao tamanho da palma da mão. Podem se diversificar em carne bovina, aves, peixe, ovos ou mesmo uma preparação a base de proteína de soja e outros grãos, como feijão, ervilha, lentilha e grão de bico (no caso dos vegetarianos).
- Energéticos: Os carboidratos, como arroz, cereais em geral, grãos, massas, batata, mandioca e outras raízes devem corresponder a 1/4 do prato.
Frutas ou sucos de fruta: Para completar a refeição, você pode optar por uma porção de fruta ou 1 copo de suco de frutas natural. A variedade também é importante nessa escolha. 

      Essas dicas podem ser valiosas tanto no almoço quanto no jantar. Aproveite!!! Até a próxima!!! 

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Molho de tomate caseiro

   Segue abaixo, uma receita simples, prática e saudável de molho de tomate caseiro.

Ingredientes:


- 4 tomates grandes picados, sem pele e sem sementes;
- 3 dentes de alho;
- 1/2 cebola picada;
- 2 colheres (sopa) de azeite;
- 1 colher (chá) rasas de açúcar;
- 1 pitada de sal;
- pimenta-do-reino a gosto;
- 1 copo de água

Modo de preparo

    Coloque em uma panela o azeite, a cebola e o alho. Deixe refogar até dourar. Acrescente o sal, o tomate e misture bem. Coloque o açúcar, a pimenta-do-reino, e espere até que o tomate ganhe a consistência de purê. Adicione a água e deixe em fogo baixo por mais 20 minutos, sempre acompanhando o cozimento. Após isso, adicione os temperos de sua preferência (orégano, manjericão, louro, etc).

Rendimento: 4 a 5 porções.
Obs: Os tomates devem estar bem maduros para que o molho seja de qualidade. Caso queira fazer em maior quantidade, é possível armazená-lo em potes de vidro fechados na geladeira por até 5 dias em refrigeração (menos de 10º C). Não esqueça de realizar a higienização correta dos tomates!!! 

    Bom apetite!!! Até a próxima!!!

domingo, 5 de outubro de 2014

Dieta Laxativa

O que é? 
    É a dieta para aumentar o volume fecal, indicada nos casos de constipação intestinal (ou prisão de ventre). São acrescidos alimentos fonte de Fibras Alimentares.

Para qual tipo de pessoa?
    É indicada às pessoas que possuem algum tipo de alteração no trânsito intestinal, incluindo a diminuição do número de evacuações, fezes endurecidas e esforço à defecação.

Importante!
      A oferta de água e demais líquidos (chás, sucos, etc.) também é fundamental. O suco de ameixa também auxilia muito na recuperação do trânsito intestinal.


     Abaixo, segue uma lista de alimentos permitidos e evitados nesse tipo de dieta:

Alimentos permitidos
Alimentos evitados
-Chás, café;

-Leite e derivados;

-Hortaliças folhosas;

-Leguminosas (grãos integrais);

-Cereais integrais;

-Carnes, ovos, aves, peixes;

-Frutas e sucos de frutas laxativas (ameixa, mamão, laranja, abacaxi, manga, pêssego).
-Cereais refinados;

-Farinhas;

-Maisena, fubá;

-Limão, goiaba, banana-maçã, maçã, jaboticaba.

       Espero que todos tenham aproveitado essas dicas... Até a próxima!!!!


domingo, 21 de setembro de 2014

Adoçantes fazem mal?

    Essa semana, foi publicada uma pesquisa na revista científica "Nature" onde é relatado que o uso de alguns tipos de adoçantes artificiais, como o aspartame, a sacarina e a sucralose, podem causar intolerância à glicose, e consequentemente, diabetes.  Porém, os estudos ainda não são conclusivos. 
   Os adoçantes sempre foram mira de pesquisas sobre seus possíveis efeitos adversos no organismo. A evolução industrial tecnológica obtida nos últimos anos levaram a um grande avanço na fabricação desses produtos, o que tornaram o seu consumo cada vez mais seguro. Atualmente, no mercado, existem uma infinidade de tipos deles que já até citei aqui mesmo no blog anteriormente. 
    Uma dica preciosa é sempre utilizá-lo com moderação, na dose correta indicada no rótulo. Não se deve "esguinchar" ou  utilizá-lo em alimentos que realmente não necessitem ser adoçados. Existem também as versões para uso exclusivamente culinário. Fazendo o uso de forma correta, não existe nenhum perigo ou prejuízo a saúde. Procure um nutricionista para que ele auxilie na escolha correta do tipo de adoçante para cada situação. Até mais!!!


Link da matéria do blog sobre tipos de adoçantes: http://www.semeando-saude.blogspot.com.br/2013/01/adocantes.html


   

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Saiba um pouco mais sobre o Glúten

    Muito se tem falado sobre os efeitos que a eliminação do glúten pode trazer na dieta. Mas é necessário, antes de tudo, saber o que é o glúten e em quais alimentos podem ser encontrados (hoje uma vasta gama de alimentos contém glúten), e também entender em quais casos a sua exclusão é recomendada.



O que é o glúten? O glúten é a junção de proteínas encontradas em alguns tipos de cereais, mais especificamente nos alimentos a base de trigo, aveia, centeio e cevada. Ele promove a elasticidade das massas em seu preparo e não permite a sua distensão, como ocorre em bolos, pizzas, biscoitos, etc, que utilizam como ingrediente farinha de trigo, por exemplo. 

Para quem a exclusão do glúten na alimentação é recomendada? A exclusão total do glúten da dieta é recomendada somente às pessoas que possuem o diagnóstico da Doença Celíaca (que seria a intolerância à essa substância) ou alergia ao glúten. Essas pessoas devem verificar atentamente os rótulos dos produtos industrializados nas prateleiras (muitos deles levam farinhas como espessantes), que mostram a mensagem "Contém glúten" obrigatoriamente.

    Espero ter esclarecido algumas dúvidas sobre o assunto. Até a próxima!!!!

    

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Testes Whey Protein - Fantástico

   O Whey Protein é um dos tipos de suplementos alimentares mais comuns nas academias, sendo amplamente utilizado por várias pessoas praticantes de exercícios físicos. Porém, sua utilização deve ser realizada com cautela, sempre sendo orientada por nutricionistas que indicarão o tipo e a quantidade certa a ser utilizada para cada situação, levando em conta a intensidade do exercício praticado por cada indivíduo.      Importante lembrar também que nada substitui o alimento! Os suplementos alimentares devem servir apenas como um complemento na alimentação de pessoas que praticam uma carga muito alta de exercícios e precisam repor os nutrientes necessários para tal.
     Ontem o programa "Fantástico", da Rede Globo, exibiu uma reportagem muito interessante, que serve de alerta para as pessoas que utilizam esses produtos sem a orientação adequada. Foram realizados testes com várias marcas, que indicaram que, o que muitas vezes está escrito do rótulo desses produtos pode não ser o que realmente eles contém.
       Clique a seguir - link da reportagem: Teste com suplementos - Fantástico.



Fiquem atentos!!! Até mais!

domingo, 3 de agosto de 2014

Tipos de sal: qual escolher?

    O sal é um dos principais tipos de tempero utilizados na cozinha, além de ser utilizado como conservante. Mas muito se fala sobre os possíveis cuidados ao consumí-lo, o que gera inúmeras dúvidas em várias pessoas. Por exemplo, hoje em dia existem diversos tipos de sal, cada m com sua determinada característica.


  • Sal refinado: Esse sal passa por refinamento, tendo os grãos mais brancos e fininhos. Nesse processo, são adicionadas diversos conservantes e sua composição química é formada por cloreto de sódio (NaCl);
  • Sal grosso: É mais utilizado no temperos de carnes (especialmente o churrasco). A diferença para o sal refinado comum, é que ele não é tão triturado na sua produção, permanecendo os grãos de sal mais espessos;
  • Sal light: Recebe essa denominação por ter diminuído o seu teor de sódio e ser formado em 50% por cloreto de potássio (KCl). É mais vantajoso para quem apresenta problemas de retenção hídrica ou hipertensão arterial. Porém, pacientes com problemas renais devem tomar cautela na sua utilização justamente pela presença do potássio. Portanto, apesar de ser light, esse tipo de sal deve ser utilizado com moderação também;
  • Sal marinho: Possui um maior grau de pureza, por não ser refinado, ou seja, é obtido diretamente da evaporação da água do mar. Sua aparência é mais escura e o seu sabor menos intenso do que o sal comum. O iodo, assim como outros importantes nutrientes evaporados durante o refino, ficam conservados;
  • Sal líquido: Tipo mais recente trazido ao mercado, procura manter as mesmas qualidades do sal comum. Alega-se que traz mais facilidade à cozinha, no momento do preparo dos alimentos, sendo aplicado em forma spray, temperando de forma uniforme. 
      Até a próxima! 


sábado, 19 de julho de 2014

Eu recomendo, conferi, conheci - #1

        Durante esse semestre, separei uma lista de alimentos que foram novidade ou destaque para mim nos restaurantes, supermercados, feiras livres e comércio em geral. Confira a seguir:

Melão Orange - Fruta de casca resistente, muito bonita, internamente é alaranjada e de formato oval. É geralmente bem resistente e a sua parte comestível é a polpa, doce, carnosa e bem firme. Possui uma ótima quantidade de água em sua composição. Muito saborosa!






Pão ciabatta - É um pão leve, massa aerada, de origem italiana, e de coloração mais esbranquiçada. Geralmente, é servido em sanduíches e seu formato é mais achatado e comprido. Sua receita leva pouca quantidade de farinha de trigo. Para quem procura, é possível encontrar a versão sem glúten.





Arroz 7 grãos - Apesar de ter somente o arroz no nome, é um mix de vários tipos de grãos e cereais, como o próprio arroz integral e selvagem, a quinoa, a aveia, a linhaça e a canola. Produz grande sensação de saciedade por mais tempo pela alta quantidade de fibras alimentares. Pode ser encontrada em grandes hipermercados ou lojas especializadas em produtos naturais.



Iogurte grego - É um tipo de iogurte bem mais consistente, e é encontrado no mercado atualmente tanto nas versões natural ou light "zero gordura". Contém um alto valor de proteínas e pode muito bem fazer parte de refeições como o café da manhã ou lanches ao longo do dia. Uma sugestão é serví-lo com gelatina ou mel. 



Mostarda - Hortaliça verde-escura, de folhas longas e sabor amargo, que pode der servida refogada ou crua, bem picadinha. É altamente rica em vitaminas e minerais importantes para o bom funcionamento do organismo. Pode ser facilmente adquirida em feiras livres ou supermercados.

        






 Aproveite e experimente todas essas delícias. Até mais!

sábado, 21 de junho de 2014

Bolo de Abobrinha

Ingredientes:

- 2 xícaras (chá) de abobrinha italiana picada
- 3 ovos inteiros
- 2 xícaras (chá) de açúcar
- 1 xícara (chá) de óleo
- 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
- 1 colher (sobremesa) de canela em pó
- 1 colher (sobremesa) de essência de baunilha
- 1/2 xícara (chá) de uva passa
- 2 colheres (sopa) de fermento em pó




Modo de preparo


   Bata no liquidificador a abobrinha, os ovos, o açúcar e o óleo. Em uma tigela, coloque a farinha de trigo, a canela, a baunilha e a uva passa. Despeje a massa já batida no liquidificador. Mexa bem e acrescente o fermento em pó. Coloque em uma assadeira untada e enfarinhada. Asse em forno médio até dourar, e polvilhe com açúcar. 

Dica: Pode-se substituir a uva passa por gotas de chocolate.
Fonte: SESI - Alimente-se bem.


domingo, 25 de maio de 2014

Óleo de cozinha - reciclagem

       O óleo de cozinha, caso não seja descartado corretamente após ser utilizado, pode ser muito prejudicial ao meio ambiente. Estima-se que cada  litro de óleo de cozinha pode poluir até 1 milhão de litros de água potável, o equivalente ao consumo de uma pessoa em 14 anos. Sem contar que o óleo acumulado pode causar entupimentos, refluxo no sistema de esgoto e até rompimento das redes de coleta. Isso causa mal cheiro, aparecimento de ratos e insetos na cozinha. Portanto, seguem algumas dicas para que o óleo caseiro não seja desprezado diretamente na pia:

  • Armazene o seu óleo já utilizado em garrafas pet, realizando o seu descarte em lugares apropriados. Existem vários pontos na cidade onde você poderá deixar o óleo, informe-se;
  • Geralmente, ele é utilizado na fabricação caseira de sabão e óleo diesel. Em várias cooperativas e projetos sociais fazem esse trabalho. 
     Segue receita de sabão caseiro:
     Ingredientes:
     - 6 litros de óleo usado
     - 1 kg de soda cáustica
     - 2 litros de água
     - 4 litros de álcool combustível

     Modo de fazer: Misture o álcool com o óleo, misture a soda na água. Coloque tudo em uma bacia grande, e mexa até borbulhar. Deixe por 24 horas na sombra para endurecer e corte em barras. Não se esqueça de utilizar luvas e máscara para manipular os ingredientes, e evitar o contato dos produtos com crianças e animais domésticos. Rende até 30 barras de sabão.

       Portanto, realizando o uso consciente de todos os produtos que utilizamos, a natureza agradece! Até a próxima!
     

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Alimentação Saudável Fora do Lar

       Atualmente, com as pessoas tendo cada vez menos disponibilidade para cozinhar e se alimentar em casa, devido ao trabalho, trânsito, entre outros problemas contemporâneos, o CRN-3 elaborou a Cartilha da Alimentação Saudável e Segura Fora do Lar. Nela, seguem dicas muito valiosas para todos que querem ter hábitos saudáveis, mesmo com a correria do dia-a-dia. 
          As nossas boas escolhas alimentares e a questão da higiene são de grande importância sempre! Clique no link acima para ter acesso à cartilha. 


Até a próxima!

Referência Bibliográfica
CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª REGIÃO. Cartilha da Alimentação Saudável e Segura Fora do Lar. 2012: São Paulo. p. 11. Disponível em: https://www.metodista.br/nutricao/cartilha-da-alimentacao-saudavel-e-segura-fora-de-casa. Acesso em maio de 2014. 
"Os textos desse blog são apenas informativos. Nada substitui o acompanhamento nutricional realizado pessoalmente".