segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Testes Whey Protein - Fantástico

   O Whey Protein é um dos tipos de suplementos alimentares mais comuns nas academias, sendo amplamente utilizado por várias pessoas praticantes de exercícios físicos. Porém, sua utilização deve ser realizada com cautela, sempre sendo orientada por nutricionistas que indicarão o tipo e a quantidade certa a ser utilizada para cada situação, levando em conta a intensidade do exercício praticado por cada indivíduo.      Importante lembrar também que nada substitui o alimento! Os suplementos alimentares devem servir apenas como um complemento na alimentação de pessoas que praticam uma carga muito alta de exercícios e precisam repor os nutrientes necessários para tal.
     Ontem o programa "Fantástico", da Rede Globo, exibiu uma reportagem muito interessante, que serve de alerta para as pessoas que utilizam esses produtos sem a orientação adequada. Foram realizados testes com várias marcas, que indicaram que, o que muitas vezes está escrito do rótulo desses produtos pode não ser o que realmente eles contém.
       Clique a seguir - link da reportagem: Teste com suplementos - Fantástico.



Fiquem atentos!!! Até mais!

domingo, 3 de agosto de 2014

Tipos de sal: qual escolher?

    O sal é um dos principais tipos de tempero utilizados na cozinha, além de ser utilizado como conservante. Mas muito se fala sobre os possíveis cuidados ao consumí-lo, o que gera inúmeras dúvidas em várias pessoas. Por exemplo, hoje em dia existem diversos tipos de sal, cada m com sua determinada característica.


  • Sal refinado: Esse sal passa por refinamento, tendo os grãos mais brancos e fininhos. Nesse processo, são adicionadas diversos conservantes e sua composição química é formada por cloreto de sódio (NaCl);
  • Sal grosso: É mais utilizado no temperos de carnes (especialmente o churrasco). A diferença para o sal refinado comum, é que ele não é tão triturado na sua produção, permanecendo os grãos de sal mais espessos;
  • Sal light: Recebe essa denominação por ter diminuído o seu teor de sódio e ser formado em 50% por cloreto de potássio (KCl). É mais vantajoso para quem apresenta problemas de retenção hídrica ou hipertensão arterial. Porém, pacientes com problemas renais devem tomar cautela na sua utilização justamente pela presença do potássio. Portanto, apesar de ser light, esse tipo de sal deve ser utilizado com moderação também;
  • Sal marinho: Possui um maior grau de pureza, por não ser refinado, ou seja, é obtido diretamente da evaporação da água do mar. Sua aparência é mais escura e o seu sabor menos intenso do que o sal comum. O iodo, assim como outros importantes nutrientes evaporados durante o refino, ficam conservados;
  • Sal líquido: Tipo mais recente trazido ao mercado, procura manter as mesmas qualidades do sal comum. Alega-se que traz mais facilidade à cozinha, no momento do preparo dos alimentos, sendo aplicado em forma spray, temperando de forma uniforme. 
      Até a próxima! 


"Os textos desse blog são apenas informativos. Nada substitui o acompanhamento nutricional realizado pessoalmente".