sábado, 26 de dezembro de 2015

Fim de ano - Promessas

    Quando um ano novo está por vir, todos se enchem de esperanças de que seus objetivos que foram traçados serão atingidos, e fazem promessas para alcançá-los. Dentre os mais feitos, estão o de ter uma vida mais saudável, realizando uma alimentação adequada e fazendo exercícios físicos. Mas os meses acabam passando e essa meta fica esquecida.
    As preocupações e correria do cotidiano sempre acabam atrapalhando para que esse objetivo seja alcançado. Então, como se manter motivado para que esse desejo se torne uma realidade no ano que está por vir?
      Primeiramente, você deve estar focado naquilo o que quer. Se a sua meta for o emagrecimento ou uma vida com mais saúde, reveja todos os seus antigos hábitos e comece a mudar aos poucos, passo a passo. Procure ajuda de profissionais que estejam a disposição para tirar dúvidas e orientar no que for necessário para cada caso. Vá ao nutricionista, médico, faça atividade física de acordo com a orientação de um profissional. 
      Em segundo lugar, tenha calma e paciência, pois o resultado não vem de uma só vez. Conquiste cada etapa. E em terceiro lugar, conte com a ajuda também das pessoas ao seu redor, na compreensão do seu novo estilo de vida (e quem sabe essa pessoa também passe a acompanhar e, de quebra, também é beneficiada com mais saúde). 


     Com essas dicas, venho desejar a todos um Feliz Ano Novo!!! Continue acompanhando o Blog Semeando Saúde em 2016 e nas redes sociais!
         Facebook: /blogsemeandosaude
         Instagram: @semeando_saude

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Eu recomendo, conferi, conheci - #4

   Olá! Já estamos encerrando mais um ano, e volto ao blog com todas as coisas que eu tive oportunidade de conhecer mais ou utilizar nesse semestre!!!

1. Leite sem lactose - Fiquei muito contente que nesses últimos tempos tenha aumentado a oferta desse tipo de produto nos supermercados! Já existem várias marcas, a preços razoáveis. Os intolerantes a lactose agradecem por ter mais essa opção!




2. Cursos do SESI "Alimente-se bem": Há uns três anos atrás tive a oportunidade de fazer o curso no SESI "Alimente-se bem - comemorando 10 anos"... Bom, já faz algum tempo, mas eu estou recomendando agora pois utilizei muito o livro maravilhoso de receitas que ganhei gratuitamente nesse curso. O enfoque é o aproveitamento integral dos alimentos em preparações saudáveis e baratas. Em todos os SESI no Brasil existem cursos desse tipo para o público em geral fazer durante o ano todo. Entre no site para saber mais: http://www.sesisp.org.br/qualidade-de-vida/nutricao/alimente-se-bem .




3. Suco em polpa congelada: São mais saudáveis que a versão em pó e de caixinha, sem contar refrigerantes e outras bebidas altamente industrializadas, porém ainda deve-se ficar atento a quantidade de açúcar e a perda de parte dos nutrientes contido nas frutas. Também é mais vantajoso pela praticidade e por se conservar mais (se armazenado a -18ºC, de forma correta) sem a necessidade de utilização de substâncias para esse fim.


4. Saladas no pote de vidro: Febre entre as celebridades, essas saladas se destacaram pela sua conveniência. Dá para fazer a sua própria salada e armazenar de forma caseira, para levar e consumir onde quiser. O vidro ajuda na conservação, deixando as folhas e os demais vegetais sempre frescos. Conservada na geladeira, pode durar de três dias até 1 semana. Mas lembre-se: é importante sempre fazer as higienização correta dos ingredientes e do recipiente para que a qualidade esteja assegurada.

5. Frutas desidratadas: Podendo substituir 1 das 3 porções de frutas indicadas no dia, se tornam uma opção para os lanches rápidos. Estão na prateleira de vários supermercados, podendo ser uma aliada na dieta, já que concentram os nutrientes e as fibras das frutas, sendo pouquíssimo processadas pela indústria. Claro que não substituem a versão fresca das frutas, mas podem ser consumidas de modo saudável, moderadamente.


      Continue acompanhando o Blog Semeando Saúde! Confira as nossas redes sociais e receba mais dicas!! Até a próxima!!
Facebook: /blogsemeandosaude
Instagram: @semeando_saude

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Alimentos cancerígenos e acrilamida

           Nessas últimas semanas, muito têm se falado sobre os efeitos de alguns alimentos sobre a saúde humana, sendo esses classificados como cancerígenos por órgãos importantes. Primeiramente, vou citar a questão dos embutidos. O consumo de carnes processadas em excesso, como linguiça, bacon, salame, entre outras, foram apontadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como prejudiciais a saúde humana. No seu relatório, a OMS afirma que chegou a essa conclusão embasada nos inúmeros estudos realizados na última década relacionando a ingestão de, pelo ou menos, 50 gramas ao dia desses alimentos com o surgimento de câncer colorretal em 18%. 
            Devemos lembrar, porém, que o relatório não sugere que as pessoas deixem de consumir carnes em geral, mas apontam o risco da alta ingestão das carnes processadas que possuem um teor mais elevado de sódio, conservantes e outras substâncias que ajudam na sua maturação.
          Outra questão que surgiu durante essa semana foi a de que a substância acrilamida, formada em certos alimentos geralmente ricos em amido (batatas, pães, torradas, biscoitos, etc) preparados em altas temperaturas, seria cancerígena. A cor mais escurecida nesses alimentos apontaria a presença da substância.
         Um relatório científico publicado pela Agência de Normas Alimentares do Reino Unido (FSA) apontou os riscos do consumo e indicou algumas medidas para que possa ser evitada a formação da acrilamida durante o preparo dos alimentos.
           Não deixar que os alimentos escureçam demais ao cozinhá-los; Reduzir a ingestão de frituras e alimentos industrializados; Dar preferência pelo cozimento a vapor; Utilizar pouca água no cozimento, sem deixar o alimento muito tempo nesse processo. No caso das batatas fritas, uma boa dica é deixar as batatas de molho em uma solução de vinagre (proporção 1:3) antes de aquecê-la. Todas essas medidas, visam, portanto, limitar a ingestão e a formação da acrilamida no preparo dos alimentos, sem cortar qualquer alimento específico da dieta.
              
             Para mais novidades, não deixe de acompanhar o Blog Semeando Saúde e nos seguir nas redes sociais... Compartilhe e comente! Até mais!!
Facebook: /blogsemeandosaude
Instagram: @semeando_saude

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Linhaça, quinoa e chia - dicas de como utilizar!!!

- Linhaça: Temos 3 tipos: Marrom, Dourada, e Dourada em forma de Farelo. Todas têm praticamente os mesmos benefícios. A marrom é mais crocante e um pouco mais amarga. A dourada em forma de farelo deve ser consumida para quem quer extrair os benefícios funcionais, ou seja, bem estar específico para os tratamentos. Para quem tem constipação intestinal a linhaça dourada em farelo é melhor porque já vem com a fibra moída e com isso se adapta com mais facilidade no intestino. Melhor forma de consumir é do jeito que compramos para não estragar as propriedades.

Recomendação: 1 a 2 colheres de sopa/dia (30g).



- Quinoa: Não possui glúten sendo ideal para as pessoas que tem a doença celíaca. A quinoa geralmente é vendida na sua versão em pó, ficando parecida com a aveia moída, mas também pode ser encontrada como grão inteiro. Em ambos os casos a quinoa tem todos os seus nutrientes conservados e o consumo diário não deve ser feito em quantidades elevadas. Pode ser consumida em saladas, com leite, iogurte, substitui a farinha de trigo, misturando com sucos e vitaminas ou frutas.
Recomendação: 1/4 a 1/2 xícara de chá/dia (1/4 xíc de chá = 45g).


- Chia: Seu principal componente é o ômega 3, encontrado em teor mais elevado do que o na linhaça. Contém também fibras solúveis e insolúveis, proteína de fácil digestão e minerais como cálcio, magnésio e potássio. Existem três formas de consumí-la:
Grão “in natura”: pode ser consumido puro com um pouco de água ou, com cereais matinais, sopas, saladas, iogurtes, sucos, vitaminas, frutas ou misturado na comida.
Farinha: pode ser adicionada no preparo de massas, pães e bolos ou acrescentada a alimentos já preparados.
Óleo: usar como tempero, adicionado em alimentos que serão consumidos frios como, por exemplo, em saladas. Lembre-se que na forma de óleo não se pode contar com os benefícios das fibras, encontradas na farinha e no grão “in natura”. Pode ainda ser encontrado em forma de cápsulas.
Recomendação: 1 colher sobremesa/dia (25 g).


IMPORTANTE: Realize o consumo desses grãos com uma ingestão correta de água, para que se tenha os benefícios.
        Gostou das dicas? Não deixe de seguir o blog nas redes sociais!!! Até mais!!
Instagram: @semeando_saude
Facebook: /blogsemeandosaude

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Conheça o serviço de Personal Diet

   O Personal Diet é o nutricionista que foca, de forma moderna e objetiva,o atendimento personalizado e domiciliar de seus pacientes. Ele observa os hábitos alimentares com os objetivos familiares e/ou individuais de cada cliente, sugerindo cardápios saborosos, saudáveis, práticos e acessíveis. Também realiza avaliações antropométricas e nutricionais, adequando a alimentação de acordo com as necessidades de cada um. 
    Os locais onde serão realizadas as consultas podem ser em casa, academias, escritórios, locais de trabalho, de acordo com a conveniência de cada cliente/paciente. 
Resultado de imagem para Personal Diet

    Esse profissional também oferece orientações sobre uma melhor alimentação e treina os responsáveis da casa pela alimentação da família para uma melhor seleção, compra e preparo dos alimentos a serem servidos. Portanto, esse profissional alia saúde, busca de novos hábitos alimentares, sem deixar de lado o sabor, identidade cultural e memória afetiva de quem é atendido.
    Para quem quiser saber mais sobre esse tipo de atuação do Nutricionista, deixe seu comentário abaixo ou entre em contato nas redes sociais! Até mais!
Instagram: @semeando_saude
Facebook: /blogsemeandosaude

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Vegetarianismo

     Olá pessoal! O assunto hoje é especial para quem quer ou já segue o estilo de vida vegetariano. Nos dias de hoje, ser vegetariano pode ter vários motivos ou significados: religião, ativismo pela causa animal, proteção do meio ambiente, econômico, etc. Mas essas mesmas pessoas, que encaram o desafio de não consumir produtos de origem animal, acabam se perguntando qual a melhor alternativa para continuar tendo uma dieta equilibrada restringindo esses alimentos. 
      Para os indivíduos que aderem a uma dieta vegan (sem carnes, ovos e derivados do leite), o desafio acaba sendo ainda maior. Porém, com uma boa orientação profissional (médico e nutricionista), os nutrientes presentes em produtos animais (como os aminoácidos) podem ser repostos em outros tipos de alimentos, como soja, brotos e cereais. Nos casos em que o paciente apenas restringe as carnes bovina e de aves, os peixes, ovos e laticínios continuam a contribuir no equilíbrio de nutrientes do cardápio.

Resultado de imagem para vegetariano

        A seguir, listo algumas dicas para quem segue uma dieta vegetariana:
- Sempre disponibilizar na dieta alimentos ricos em vitaminas e minerais (como frutas, verduras, legumes e sementes oleaginosas), principalmente frescos;
- Aumentar o consumo de leguminosas (feijões, grão-de-bico, lentilha, ervilha e soja), incluindo, se possível, até brotos;
- Uma opção para a troca do leite é dos produtos fermentados à base de soja;
- Sugestão de frutas secas na sobremesa;
- Evitar o consumo de alimentos ricos em ferro e cálcio na mesma refeição, para que não haja nenhum tipo de competição na absorção desses nutrientes pelo organismo;
- Os alimentos ricos em vitamina C devem ser consumidos durante as refeições, para que haja um amior aproveitamento do ferro;
- Procure um profissional e consulte as tabelas de composição de alimentos, ficando atento principalmente ao consumo adequado de zinco, cálcio e fitatos;
- Se houver necessidade, um profissional capacitado, da área de Nutrição, irá recomendar a ingestão de alimentos fortificados em ferro e zinco.

Recomendo para quem quiser saber mais a leitura do seguinte artigo científico: http://apps.einstein.br/revista/arquivos/PDF/518-v6n3aRW518portp365-73.pdf

         Continue por dentro de todas as novidades do Semeando Saúde! Nos siga nas redes sociais! Até mais!
Instagram: @semeando_saude
Facebook: /blogsemeandosaude

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Celulite e alimentação

        A celulite é um problema mais comum no público feminino, atingindo a região dos glúteos, braços e pernas. Diversas causas estão relacionadas ao seu aparecimento, como genética, desequilíbrios e alterações de metabolismo, estresse, fumo e sedentarismo. São depressões que ficam visíveis no momento da retração da pele, formando a famosa aparência de "casca de laranja", e possuem graus ou estágios de agravamento, que variam a cada caso. 
     O tratamento deve ir além dos procedimentos estéticos, estando aliado à reeducação alimentar e manutenção de hábitos saudáveis. Uma alimentação equilibrada auxilia na redução da camada de gordura retida nos tecidos, regula o funcionamento intestinal e reduz o inchaço causado pelo acúmulo de líquido no organismo. 
        Para prevenir o problema, o consumo excessivo de alimentos gordurosos, carboidratos simples (pizza, pães, bolachas, etc) e sal é evitado, bem como o de frituras, salgadinhos, fast food e comidas industrializadas, pois aceleram o aparecimento da celulite com o favorecimento de depósito de gordura pelo corpo. Também recomenda-se uma maior ingestão de massas e cereais integrais, a realização do controle de peso e a prática regular de atividade física. 


       Alimentos que previnem a celulite: frutas frescas, água, cereais integrais, azeite de oliva, oleaginosas (castanha do Pará, nozes, sementes), leguminosas (feijão, soja, lentilha, grão-de-bico), carnes magras, assados e grelhados, verduras e legumes crus.
     Alimentos que agravam a celulite: bebidas alcoólicas,  refrigerantes, produtos enlatados, molhos industrializados, doces e açúcares, carnes gordurosas e frituras.  
     
        Para mais dicas, continue acompanhando o blog e as redes sociais (@semeando_saude)!!! Até mais!!!

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Suflê de chuchu

Ingredientes:
- 4 chuchus descascados e cozidos
- 2 xícaras (chá) de leite
- 2 colheres (sopa) de amido de milho
- 4 claras em neve
- 2 gemas
- 4 colheres (sopa) de queijo ralado
- Sal e pimenta-do-reino a gosto




Modo de preparo
   Bata as claras em neve e reserve. Coloque os demais ingredientes no liquidificador e bata bem. Depois, misture as claras em neve delicadamente. Unte uma fôrma de vidro média com margarina e despeje a mistura já pronta nela. Leve ao forno pré-aquecido por aproximadamente 30 minutos, testando com um palito de madeira para conferir.

    Para mais novidades, continue acompanhando o blog e as redes sociais (instagram: @semeando_saude). Até mais! 

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

A importância do Nutricionista no restaurante

    Dia 31 de agosto é comemorado o Dia do Nutricionista, e a importância dele é cada vez maior em vários setores da sociedade. Atualmente, ele é um profissional fundamental em estabelecimentos produtores e que vendem alimentos. Mas, qual é o trabalho que ele faz nesses locais?
   São inúmeras as funções desses profissionais... Primeiramente, o Nutricionista promove a segurança alimentar, diminuindo os riscos de haver contaminação durante a produção. Ele também planeja cardápios saudáveis, diversificados e atraentes, de acordo com o público no qual o estabelecimento atende. Faz toda a supervisão das etapas de produção, garantindo a qualidade do que será oferecido.
      Realiza, quando necessário, as adequações de acordo com as legislações sanitárias. Também treina os funcionários, os capacitando e motivando para a execução das tarefas. O Nutricionista também trabalha pela otimização dos recursos  existentes, reduzindo os custos da produção.
    Se torna, sem dúvida, um atrativo para o cliente, fidelizando-os, podendo até promover ações de educação nutricional junto a eles. Isso faz com que haja um diferencial no serviço oferecido, se tornando até uma ação de marketing. 
       Portanto, parabéns Nutricionista pelo seu dia, seja ele qual for seu setor de atuação... Mas em especial, aos que trabalham nos restaurantes. Que esse trabalho seja cada vez mais valorizado! Até mais!


      Nas redes sociais: Siga no Instagram (@semeando_saude) e curta no Facebook (/blogsemeandosaude).


sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Distrações na hora de comer

   


      Quem nunca ouviu falar que "a hora da refeição é sagrada"? Com o estilo de vida que as pessoas têm levado hoje em dia, está cada vez mais difícil seguir esse lema a risca. Porém, com dedicação e empenho, o momento de comer pode sim se tornar totalmente reservado.
    Algumas dicas que podem ser importantes é destinar pelo ou menos 40 minutos para realizar uma refeição grande (como almoço e jantar) e 10 a 15 minutos para as demais refeições (café da manhã, lanches e ceia). Para quem trabalha ou leva uma vida agitada, devem ser avaliados o tempo gasto para cada atividade, pensando sempre no quanto a hora de se alimentar pode ser importante para a manutenção de uma saúde adequada. Portanto, organize o seu tempo!
      Procure sempre ter um local certo para fazer a refeição, sendo ele calmo e perto do convívio de pessoas que são agradáveis para você. Deixe um pouco de lado nesses instantes celular, televisão e outros tipos de aparelhos e objetos que possam desviar a atenção. Dedique esse tempo apenas para se alimentar. 
        Gostou dessas dicas? Siga o Semeando Saúde no Instagram (@semeando_saude) e curta no Facebook (/blogsemeandosaude). Até mais!!

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Semana Mundial da Amamentação

    Olá pessoal! Venho mais uma vez aqui no Blog para falar sobre algo muito importante que eu ainda não havia tratado aqui no Blog: a amamentação. Ela traz inúmeros benefícios, tanto para a mãe, quanto para o bebê. Saiba algumas dessas vantagens que a aleitamento materno pode trazer:
- A criança têm, no futuro, uma melhor aceitação de outras comidas. E também passa a ter, desse modo, um risco menor de ficar com sobrepeso ou obesidade;
- É fundamental para o desenvolvimento físico do recém-nascido;
- Estimula os dois lados do cérebro das mães que revezam o peito no momento da mamada (algo fundamental para evitar que haja dores ou outros incômodos);
- A recuperação pós-parto materna é mais rápida, proporcionando até a volta do peso pré-gestacional das mulheres;
- Aumenta o vínculo entre mãe e filho;
- Diminui a incidência de câncer de mama nas mães;
- É prático, porque já vem pronto. E é de graça.
     O aleitamento materno EXCLUSIVO (somente leite materno) deve ser praticado até os 6 meses de vida da criança. Após esse tempo, outros alimentos e água podem ser introduzidos aos poucos, juntamente com o leite materno.

Tema oficial da Semana Mundial da Amamentação de 2015, promovido pelo Ministério da Saúde.
    O leite materno é completo para o seu filho. É nele que encontramos os nutrientes essenciais à vida, melhorando a imunidade da criança, favorecendo também o carinho, amor e saúde. Para mais dicas sobre Nutrição, continue a acompanhar as postagens do blog e nossas páginas nas redes sociais.
No Facebook, curta: /blogsemeandosaude
No Instagram, siga: @semeando_saude.
       Até a próxima!

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Como evitar o escurecimento de vegetais

    Sempre que vamos cortar frutas, como maçãs, banana, pêra, e outros vegetais, como batata e berinjela, nos deparamos com uma situação típica: o escurecimento enzimático. Em poucos minutos, caso fiquem em contato direto com o ambiente (rico em oxigênio, que ocasiona essa reação juntamente com substâncias contidas no próprio produto), esses alimentos alteram a coloração, o aroma e até são diminuídas algumas propriedades nutricionais, alterando a qualidade final do que será consumido. 


Resultado de imagem para como evitar o escurecimento enzimático


     Portanto, uma receitinha para que essa situação não ocorra de forma indesejada, é utilizar gotas ou suco de frutas cítricas, como laranja e limão, diminuindo o PH da fruta e inativando a enzima que desencadeia o escurecimento. Também podem ser usados soluções de água com sal ou açúcar, evitando o contato direto com o oxigênio.
     Gostou das dicas? Continue seguindo o blog Semeando Saúde nas redes sociais e faça os seus comentários e sugestões! Até mais!

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Eu recomendo, conferi, conheci - #3

   Olá... Lá se foi mais um semestre e venho aqui dar o meu depoimento sobre as minhas experiências e o que descobri de novo durante esse período... 
    
   Programa "Socorro, meu filho come mal!" - Já falei um pouco sobre esse programa de TV lá na fanpage do blog no Facebook... É exibido pelo canal pago GNT, onde a nutricionista Gabriela Kapim vai a casa de uma família onde uma criança ou pré-adolescente apresenta problemas com a alimentação de uma forma geral (ex. a criança não ingere vegetais diversos na refeição ou não come a mesa), e tenta solucioná-los por meio de pequenas "intervenções", levando a criança a tomar contato com alimentos e adotando metas. Esse programa é exibido em forma de episódios, sendo que os pais que assistem podem se identificar com as situações apresentadas e ter algumas dicas importantes quanto a alimentação saudável para o seu filho.

Resultado de imagem para utensílios de bambu para cozinha   Utensílios de bambu antibacteriano - Essa dica é para aqueles que estão acostumados com a velha tábua de cortar carne de madeira ou a colher de pau, e, mesmo sabendo que podem ser fonte para a proliferação de microrganismos, ainda os utilizam. Esses utensílios fabricados a base de bambu não permitem o acúmulo de restos de alimentos e outros tipos de matéria orgânica, deixando também de reter umidade e serem mais leves e fáceis de manusear. Existem no mercado já várias marcas e são, além de tudo, muito bonitos. Vale a pena!




Resultado de imagem para cajá    Cajá - Quem viaja o nordeste, encontra com facilidade essa frutinha, que, além de ser mega saborosa, é muito rica nutricionalmente, contendo inúmeras vitaminas, sais minerais e fibra alimentar. Pode ser consumida em forma de polpa, sucos, sorvete, geleia, entre outros. Experimente...

 


Macarrão a base de milho - Massa alimentícia indicada às pessoas com doença celíaca, são nutritivos, fornecem energia e existem no mercado em vários formatos.(fusili, penne, espaguete, etc). Seu preço ainda é é alto se comparado ao tradicional, mas para quem procura diversificar a alimentação e ainda tem essa barreira é uma boa pedida. Várias marcas e lojas de alimentos naturais já trabalham com esse tipo de massa.






Resultado de imagem para feira orgânica    Feiras orgânicas - São feiras livres que hoje existem em diversas cidades do Brasil e do mundo que trabalham apenas com alimentos livres de agrotóxicos e sustentáveis. Esse comércio dá inúmeras opções para quem quer abastecer a dispensa com qualidade e de forma segura. É só pesquisar a mais próxima e aproveitar!

 





     Espero que todos os leitores tenham gostado das dicas acima e continuem acompanhando sempre o blog, aqui ou curta nas redes sociais... Até mais!!


"Os textos desse blog são apenas informativos. Nada substitui o acompanhamento nutricional realizado pessoalmente".